Fundacom

Fundacom > Fundacom

A Fundacom tem novos representantes na Espanha

20 Dezembro 2018 |by Fundacom | Comentários fechados em A Fundacom tem novos representantes na Espanha | Actualidad |

Desde o dia 7 de novembro, a Fundacom, a fundação para a promoção da comunicação em espanhol e português no mundo, tem novos representantes espanhóis.

Miguel López-Quesada, diretor corporativo de Comunicação e Relações Institucionais da Gestamp, é o novo presidente da Fundacom. Durante seus 4 anos no cargo, será acompanhado, na Espanha, por Jaume Giró, presidente da Corporate Excellence e diretor geral da Fundação Bancária “la Caixa”; Luisa García Navarrete, sócia e co-diretora geral da Llorente & Cuenca; Antonio Belmonte, diretor de Comunicação, Marca e desenvolvimento de negócios da Deloitte; Carlota Del Amo, diretora de Comunicação Corporativa da Penguin Random House Grupo Editorial, e Eduardo Bartolomé Fernandez, diretor de Comunicação e RRII da Siemens.

Além dos nomes já mencionados, a Fundacom tem entre seu patronato os presidentes de 5 Associações Ibero-americanas de Comunicação: Paulo Nassar da Aberje (Brasil); Eduardo Guedes de Oliveira da APCE (Portugal); Pablo Cattoni da CPRP (Argentina), Constanza Téllez da FOCCO (Chile) e Rafael Gárate da PRORP (México).

KEEP READING

A Universidade de Navarra, Fundacom e Corporate Excellence – Centre for Reputation Leadership assinam acordo para formação de diretores de comunicação ibero-americanos

22 Outubro 2018 |by Fundacom | Comentários fechados em A Universidade de Navarra, Fundacom e Corporate Excellence – Centre for Reputation Leadership assinam acordo para formação de diretores de comunicação ibero-americanos | Actualidad | , , ,

Madri, 22 de outubro de 2018. A Faculdade de Comunicação da Universidade de Navarra, a Fundacom e o Corporate Excellence – Centre for Reputation Leadership assinaram um acordo para lançar o primeiro Programa Acadêmico para Diretores de Comunicação da Ibero-América (PRADI).

 

O acordo foi assinado no novo campus da Universidade em Madrid por Charo Sádaba, decana da Faculdade de Comunicação; Ángel Alloza, diretor da Corporate Excellence – Centre for Reputation Leadership; e Sebastián Cebrián, diretor da Fundacom.

 

O diretor de comunicação do século XXI se depara com grandes desafios para profissionalizar sua função: sua integração aos órgãos corporativos de governança, o alinhamento com a estratégia global da organização, o domínio das novas ferramentas comunicativas, e a capacidade de compreender adequadamente o contexto social no qual opera a organização. Para responder a esse desafio, o PRADI propõe um programa de formação de três dias sobre governança e liderança, reputação e intangíveis e inteligência social.

 

Através deste acordo, as instituições signatárias se propuseram a melhorar a formação profissional dos diretores de comunicação para lhes ajudar a alcançar um triplo objetivo: que sejam capazes de ler o entorno e antecipar os riscos e oportunidades para a organização, que tenham o conhecimento necessário para liderar a mudança na que estão imersas as organizações, e que se constituam estrategicamente como guardião e defensor da reputação corporativa de suas organizações.

 

A Faculdade de Comunicação da Universidade de Navarra é a pioneira na Espanha em oferta de estudos de Comunicação a nível universitário. Atualmente oferece graduação em Jornalismo, Comunicação audiovisual e Marketing; e cursos de pós-graduação em Reputação, Gestão de empresas de comunicação e Comunicação política e corporativa. De acordo com o ranking QS by Subject, a Faculdade de Comunicação está no top 50 das principais faculdades e escolas de comunicação do mundo e, especificamente, é a quinta entre as que têm um tamanho médio em número de alunos.

 

A Fundacom une as associações de diretores de comunicação que têm o espanhol ou o português como seus idiomas de trabalho. O objetivo da fundação é promover e valorizar o papel da comunicação estratégica em espanhol e português em todo o mundo. Através das associações que compõem a Fundacom, mais de 8.000 diretores e profissionais de comunicação estão representados. As associações que impulsionam essa plataforma são: Aberje (Brasil), APCE (Portugal), Asodircom (República Dominicana), AURP (Uruguai), CICOM e PRORP (México), CECORP (Colômbia), CPRP e Círculo Dircoms (Argentina), FOCCO (Chile) e Dircom (Espanha).

 

 

Corporate Excellence – Centre for Reputation Leadership é um laboratório de ideias sem fins lucrativos, criado por grandes empresas para promover a profissionalização e gestão de intangíveis-chave, tais como a reputação, a marca, a comunicação, a sustentabilidade, a RSC, a boa governança, os assuntos públicos, o talento corporativo e as métricas de intangíveis. Nasce da fusão do Foro de Reputación Corporativa e do Instituto de Análisis de los Intangibles e tem mais de uma década de experiência na gestão de intangíveis.

 

[Na foto, da esquerda para a direita: Sebastián Cebrián, diretor geral da Fundacom; Charo Sádaba, decana da Facultade de Comunicação; e Ángel Alloza, diretor da Corporate Excellence.]

 

Fotografia: Manuel Castells

KEEP READING

Fundacom apresenta suas iniciativas para os dircoms do Chile e Argentina

25 Abril 2018 |by Fundacom | Comentários fechados em Fundacom apresenta suas iniciativas para os dircoms do Chile e Argentina | Actualidad |

No âmbito do Ranking Merco, BCI e Arcor foram premiadas como as empresas mais responsáveis e com a melhor governança corporativa em 2017, no Chile e na Argentina, respectivamente.

No mês de março aconteceu, no Chile e Argentina, a apresentação dos resultados e a premiação Merco Responsabilidade e Governança Corporativa.

Durante ambas os eventos, Sebastián Cebrián, diretor da Fundacom, participou no painel de especialistas e apresentou a mencionada fundação, que promove a comunicação em espanhol e português no mundo, e fomenta a importância da reputação, da sustentabilidade e da transparência Atualmente, a Fundacom tem, entre as suas iniciativas, os Prêmios Fundacom 2018 cuja cerimónia acontecerá no dia 23 de Maio de 2018 em Lisboa – Estoril; CIBECOM’2019 em Madri; o boletim Fundacom; além do desenvolvimento da linha de formação em diferentes países da Ibero-América.

Ao longo de sua participação, Cebrián destacou a importância que tem para a gestão das organizações, tanto na Europa como na América Latina, a evolução digital e a web social. O European Communication Monitor e o Latin American Communication Monitor, em seus últimos resultados publicados, colocaram esses fatores como os mais relevantes quando se fala de temas estratégicos para a gestão da comunicação.

Durante os eventos, foi realizada a cerimônia de premiação das empresas mais responsáveis e com melhor Governança Corporativa para o ano de 2017, sendo o BCI, Banco Chile, Viña Concha y Toro reconhecidos pelo Chile; e, Arcor, Unilever e Natura pela Argentina.

Para conhecer os rankings de cada país, visite os seguintes links:

O Monitor Empresarial de Reputação Corporativa, Merco, teve seu início no ano 2000. Atualmente, está presente em 11 países (Espanha, Colômbia, Argentina, Chile, Equador, Bolívia, Brasil, México, Peru, Costa Rica e Panamá) e elabora seis rankings: Merco Empresas, Merco Líderes, Merco Responsabilidade e Governança Corporativa, Merco Talento, Merco Consumo e MRS.

KEEP READING

Entrevista Pablo Cattoni novo presidente do Consejo Profesional de Relaciones Públicas de Argentina, além de novo patrono da Fundacom

11 Outubro 2017 |by Fundacom | Comentários fechados em Entrevista Pablo Cattoni novo presidente do Consejo Profesional de Relaciones Públicas de Argentina, além de novo patrono da Fundacom | Entrevistas | , ,

Como diretor de Assuntos Públicos e Governamentais de Dow, que elementos considera chave quando uma organização busca fortalecer as relações com diferentes atores, como o governo, jornalistas e líderes de opinião?

O elemento fundamental é o conhecimento e, junto com ele, os esforços permanentes para obtê-lo e reforça-lo constantemente. As organizações devem conhecer os atores com os quais interage, seus interesses e motivações, suas capacidades de comunicação e as oportunidades e ameaças que estas geram. Do mesmo modo, aqueles que são os responsáveis pela comunicação nas organizações devem fazer esforços para conhecer em detalhe as estruturas internas que geram os fins que motivam essa instituição, para assim orientar suas estratégias de forma a ser um fator fundamental para o êxito. Ao ser um link entre a organização e seu entorno, só por meio do conhecimento poderia buscar os pontos de encontro que permitam ter uma gestão bem-sucedida.

Como interagem o lobby e a comunicação?

O lobby é comunicação. É o conjunto de atividades, de indivíduos, de organizações e de grupos de interesse para influenciar decisões do setor público que tentam legislar e regulamentar questões que possam afetar sua própria sustentabilidade. Permite desenvolver estratégias que garantam um ambiente em que possam ser cumpridos todos os objetivos definidos, fornecer informação antecipada sobre potenciais ameaças e oportunidades para os fins definidos e construir laços e assegurar o espaço necessário para que as posições cheguem ao destino. Por isso, é uma atividade de comunicação e baseada na comunicação: para antecipar tomadas de decisão, compreender e prever horizontes reguladores, comunitários e políticos do entorno, contar com informação relevante para contribuir para que a autoridade disponha de conhecimento especializado de quem trabalha em uma determinada área de atividade. Integra-se diretamente com outras ações de comunicação para buscar canais alternativos para obter posições, consolidar uma reputação corporativa que permita ser considerado uma fonte confiável de informação e gerar capacidade de estabelecer boas relações com autoridades e políticos de referência.

Em quais objetivos o Consejo Profesional de Relaciones Públicas de Argentina estará focado durante sua gestão? Por quê?

Com base no compromisso de todos que formamos a nova Comissão Gestora, queremos revitalizar a instituição para dar aos associados uma oferta de valor e atrair aqueles colegas que ainda não se somaram ao Conselho. Queremos consolida-lo como um parceiro do associado em cada passo de sua carreira profissional. Buscamos ser uma referência e uma voz clara em temáticas relacionadas com nossa profissão por meio de um centro de estudos, consolidar posições públicas e dar visibilidade a elas usando os meios de comunicação e os âmbitos acadêmicos, sociais e políticos. Além disso, buscamos gerar um trabalho conjunto com as instituições acadêmicas para formar profissionais de acordo com as necessidades profissionais presentes e futuras, e elevar assim o padrão profissional de nosso país. Buscaremos ter uma gestão aberta que incentive a participação dos associados e o envolvimento de todos, para além da Comissão Gestora.  Queremos enfrentar os desafios, promover discussões que tenham sentido e aprofundar nessas questões. Em conclusão, ter o valor de transformar. A partir disso, nos comprometemos a comunicar, comunicar e comunicar. Isso é o que fazemos e sabemos fazer.

KEEP READING

La transparencia como modelo de gestión en el contexto actual

17 Abril 2017 |by Fundacom | 0 Comments | Actualidad, Actualidad CIBECOM, Noticias | , ,

Desculpe, este conteúdo só está disponível em espanhol Por uma questão de conveniência para o utilizador, o conteúdo é mostrado abaixo no idioma alternativo. Pode clicar na ligação para alterar o idioma activo.

La generación de confianza y compromiso a través de la comunicación y la importancia de la transparencia se analiza en Cibecom

Miami, 7 de abril de 2017.- La transparencia como modelo de actuación en el contexto actual, en el que las organizaciones están más expuestas que nunca, ha sido el eje temático en el tercer día de la I Cumbre Iberoamericana de Comunicación Estratégica, que se ha celebrado durante los días 5 al 7 de abril. El lema de este evento fue “Reputación, Sostenibilidad y Transparencia: pilares del siglo XXI“.

La filtración periodística que dio origen a los Papeles de Panamá ha sido expuesta por Marcos García Rey, miembro del Consorcio Internacional de Periodistas de Investigación.

Igualmente, los medios de comunicación han estado representados por Cynthia Hudson, vicepresidente senior de CNN en Español, Mario San Román, vicepresidente de Consejo de TV Azteca, Alberto Avendaño, director del Washington Bureau y corresponsal ante la Casa Blanca de la Asociación Nacional de Prensa Hispana, y Elvira Salazar, periodista de MegaTv, quienes han tratado el nuevo modelo de negocio de la prensa en el escenario de la transformación digital y la competencia con plataformas y redes sociales donde la transparencia es clave. Ian McCluskey, managing director de Thinking Heads Americas, ha moderado este panel.

Hudson destacó que “el fake news es un factor importante en todo lo que significa la propaganda… es muy difícil para la persona average diferir cual es el fake news y el news de verdad”.

Por su parte Avendaño señaló “Faltan expertos hispanos que hablen inglés. La realidad es que una cosa que es la inmigración y otra cosa es el hispanounidense”. También que “tecnológicamente estamos yendo más rápido de lo que emocional y humanamente somos capaces de adaptarnos”.

El rol cada vez más importante de las empresas e instituciones en la generación de contenidos ha sido abordado por Ignacio Jiménez Soler, director de Comunicación Corporativa de BBVA, Paulo Speller, secretario general de la Organización de Estados Iberoamericanos (OEI),  Juan Zegarra, gerente de Comunicación Corporativa de Telefónica de Perú y Juan Manuel Mora, vicerrector de comunicación de la Universidad de Navarra.

El ejemplo de transparencia en las empresas ha sido ampliado a través de los casos prácticos que presentaron Paulo Marihno, superintendente de Comunicación Corporativa de Itaú Unibanco y Juan Iramain, director ejecutivo de Asuntos públicos y Gubernamentales de CITI Latam.

Por último, las conclusiones de CIBECOM’2017 han sido expuestas por Ángel Alloza, CEO de Corporate Excellence quien ha precedido la clausura que ha realizado, Teresa Mañueco, patrono de Fundacom.

Sobre Fundacom

Fundacom es una entidad sin ánimo de lucro integrada por las doce principales asociaciones de comunicadores de Iberoamérica, que representan a más de 8.000 directivos y profesionales de la comunicación. Su objetivo es impulsar la labor de dichos profesionales como ejecutivos clave en la gestión empresarial del siglo XXI en los países de habla hispana y lusa. Las asociaciones integrantes de Fundacom son: Aberje y Conferp (Brasil), APCE (Portugal), Asodircom (República Dominicana), AURP (Uruguay), CICOM y PRORP (México), CECORP (Colombia), el CPRP y el Círculo Dircoms (Argentina), FOCCO (Chile) y Dircom (España).

KEEP READING

EL ALCALDE DE MIAMI PRESENTA LA CUMBRE CIBECOM

4 Abril 2017 |by Fundacom | Comentários fechados em EL ALCALDE DE MIAMI PRESENTA LA CUMBRE CIBECOM | Actualidad, Actualidad CIBECOM, Noticias | , , , ,

Este foro reunirá a más de 200 congresistas de más de 20 nacionalidades para debatir sobre los retos de la comunicación del siglo XXI.

KEEP READING

Fundacom e CEIB assinam convênio de colaboração para impulsionar a comunicação na Ibero-América

4 Abril 2017 |by Fundacom | Comentários fechados em Fundacom e CEIB assinam convênio de colaboração para impulsionar a comunicação na Ibero-América | Actualidad, Actualidad CIBECOM, Noticias | ,

Fundacom e o Consejo de Empresarios Iberoamericanos (CEIB) assinaram um convênio de colaboração, com os objetivos de fomentar a cooperação com as organizações empresariais ibero-americanas na formação de estratégias de comunicação no âmbito das Conferências Ibero-Americanas e de apoiar os eventos sobre comunicação estratégica que realizem a fundação para o fomento da comunicação em espanhol e português.

A assinatura deste acordo, realizada por Joan Rosell, representando ao CEIB, e Sebastián Cebrián, diretor da Fundacom, é parte dos acordos institucionais que está realizando a fundação com organizações de âmbito ibero-americano.

KEEP READING

Fundacom e OEI assinam convênio de colaboração para o desenvolvimento da comunicação na Ibero-América

15 Março 2017 |by Fundacom | Comentários fechados em Fundacom e OEI assinam convênio de colaboração para o desenvolvimento da comunicação na Ibero-América | Actualidad, Actualidad CIBECOM, Noticias | , ,

Em 1º de março, Fundacom, fundação para o fortalecimento da comunicação em espanhol e português no mundo, e a OEI, a Organização de Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura, assinaram um convênio de colaboração com o objetivo de fomentar a comunicação estratégica na Ibero-América.

Com este convênio, ambas as organizações buscam facilitar a influência, o conhecimento, o networking e a formação de todos os profissionais implicados na matéria.

No ato de assinatura, estiveram presentes Teresa Mañueco, patrono de Fundacom; Carlos Abicalil, diretor geral de Programas Educativos e Culturais da OEI; Sebastián Cebrián, Diretor de Fundacom; e Carmen Rodríguez, técnico de Educação da OEI.

Durante o ato, destacou-se a importância que tem a comunicação como elemento fundamental e transversal para o êxito das organizações e o desenvolvimento dos países.

Fundacom é um organismo que está sendo impulsionado por 12 organizações de comunicação na Ibero-América. Esta fundação trabalha com base em seis linhas estratégicas, sendo uma delas a I Cimeira Ibero-Americana de Comunicação Estratégica, CIBECOM’2017. Um evento que, sob o tema “Reputação, Sustentabilidade e Transparência: pilares do século XXI”, acontecerá em Miami, nos dias 5, 6 e 7 de abril.

FIRMA-CONVENIO-FUNDACOM-OEI-2

KEEP READING

Apresentada Fundacom, a fundação para o fortalecimento da comunicação em espanhol e português no mundo

29 Novembro 2016 |by Fundacom | Comentários fechados em Apresentada Fundacom, a fundação para o fortalecimento da comunicação em espanhol e português no mundo | Actualidad, Actualidad CIBECOM, Noticias |

Doze associações de comunicação que têm o espanhol ou o português como língua de trabalho formaram a Fundacom, uma fundação para impulsionar e valorizar a função da comunicação estratégica em espanhol e português no mundo.

Durante a apresentação, que aconteceu na Casa de América, em Madri (Espanha), no último 15 de novembro, destacou-se a importância do desenvolvimento de plataformas de intercâmbio e se apresentaram as linhas de trabalho da Fundacom. Participaram do evento alguns dos representantes mais relevantes da comunidade ibero-americana e da comunicação corporativa.

Paulo Speller, secretário geral da Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI); Juan Andrés García, representando os Encontros Ibero-americanos da Sociedade Civil; Narciso Casado, secretário permanente do Conselho de Empresários Ibero-americanos (CEIB); e Miguel Marañon, chefe do departamento de comunicação digital do Instituto Cervantes, com a moderação de Miguel López-Quesada, patrono de Fundacom e secretário geral do Dircom Espanha, trataram conjuntamente da importância da existência de plataformas profissionais no âmbito ibero-americano como elementos chave para o desenvolvimento econômico e social.

Logo depois, Constanza Téllez, Paulo Nassar y Eduardo Guedes, patronos da Fundacom, y Sebastián Cebrián, diretor da entidade, apresentaram uma das linhas de trabalho da fundação: a Cimeira Ibero-americana de Comunicação Estratégica, Cibecom. A primeira edição acontecerá em Miami, em abril de 2017, nos dias 5, 6 e 7, e terá a participação de conferencistas como os ex-presidentes Luis Alberto Lacalle, do Uruguai, e do espanhol José Luis Rodriguez Zapatero, que, com a moderação de Rebeca Grynspan, secretária geral da SEGIB, falarão sobre a reputação dos países e sua relação com o desenvolvimento econômico e social. Para Paulo Nassar, presidente da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (ABERJE), temas como a sustentabilidade, um dos pilares da Cibecom, junto com reputação e transparência “nos dá licença para operar, e a chave é saber comunicar”.

Fundacom organizará também os Prêmios Fundacom, que tem como objetivo reconhecer os melhores projetos e as melhores práticas de comunicação no mundo que fala espanhol ou português. Nas palavras de Antônio Rapoula, coordenador dos Prêmios Fundacom: “não é só um prêmio internacional, também se premiará o melhor em termos nacionais. Demonstraremos a qualidade e as boas práticas em todo entorno de fala castelhana e portuguesa”. Os prêmios, que também se apresentaram no evento, serão lançados no próximo 1º de dezembro, com âmbito mundial.

Um dos principais eixos desta fundação é a pesquisa, dentro da qual se destaca o Latin American Communication Monitor. Ángeles Moreno, diretora do estudo, ressalta aspectos muito relevantes como “um dos aspectos mais destacáveis do primeiro LCM é a formação dos profissionais da comunicação que se equipara à formação na Europa”. “Graças ao estudo, sabemos que a transferência de conhecimento e o associacionismo é o que ajuda ao profissional a progredir”. Os resultados do estudo mostrarão, em 2017, a situação das relações públicas e a gestão da comunicação na América Latina, oferecendo a radiografia de um setor econômico cada vez mais pujante e dinâmico.

Como representante do Conselho de empresas que apoiam a fundação, esteve presente Ignacio Jiménez Soler, diretor de Comunicação Corporativa do BBVA. Além do banco, Ibéria e Telefônica também se uniram à iniciativa.

Ao final do ato, subiram ao palco os patronos de Fundacom, que no dia 14 de novembro se reuniram pela primeira vez. Durante a reunião, se incorporaram ao patronato seis patronos que completaram o órgão que, na mesma oportunidade, nomearam a Sebastián Cebrián como diretor da entidade.

Atualmente, formam o patronato representantes de seis países da América Latina: Argentina, Brasil, Chile, México, Portugal e Espanha, sendo eles Montserrat Tarrés como presidente dessa fundação, por Teresa Mañueco, Eduardo Guedes de Oliveira, Olga Oro, Paulo Nassar, Ignacio Viale, Constanza Téllez, Miguel López-Quesada, Juan Cierco, Jaume Giró e Francisco Hortigüela como patronos.

Por meio das associações que integram a Fundacom, estão representados mais de 8 mil diretores e profissionais de comunicação. As redes de essas entidades fazem com que suas iniciativas e comunicações cheguem para mais de 33 mil profissionais da Ibero-América. As associações que impulsionam esta plataforma são: Aberje e Conferp (Brasil), APCE (Portugal), Asodircom (República Dominicana), AURP (Uruguai), CICOM y PRORP (México), CECORP (Colômbia), o CPRP y o Círculo Dircoms (Argentina), FOCCO (Chile) e Dircom (Espanha).

KEEP READING

Cebrián presenta Fundacom para o fórum de organizações empresariais latino-americanas

29 Novembro 2016 |by Fundacom | Comentários fechados em Cebrián presenta Fundacom para o fórum de organizações empresariais latino-americanas | Actualidad, Actualidad CIBECOM, Noticias | ,

Sebastián Cebrián, diretor da Fundacom, apresentou a fundação na XXVII Reunião de Presidentes de Organizações Empresariais Ibero-americanas, organizada pelo Conselho de Empresários Ibero-americanos (CEIB), em colaboração com a CEOE, a Organização Internacional de Empregadores (OIE) e a Associação Nacional de Empresários da Colômbia (ANDI), em Cartegena de Indias (Colômbia).

Com a apresentação “A importância da comunicação estratégica”, Cebrián reforçou o valor da função da comunicação no meio empresarial, assim como a constituição da Fundacom, a fundação criada pelas principais associações de comunicação da Ibero-América, e a celebração da I Cúpula Ibero-americana de Comunicação Estratégica, Cibecom.

A apresentação da fundação foi, também, o marco para que se estabelecesse um acordo de cooperação entre a Secretaria Permanente de CEIB e Fundacom, para fortalecer a comunicação dos atos empresariais nas próximas cúpulas ibero-americanas. Da mesma maneira, o acordo de colaboração estabelecerá o caráter estratégico da cúpula Ciebom e seu impulso para a gestão dos intangíveis e a reputação das organizações. O acordo prevê o desenvolvimento de iniciativas orientadas para potencializar a capacidade de atuação e influência dessas organizações para impulsionar a função estratégica da comunicação.

Este evento acontece nos atos empresariais que antecedem a Cúpula de Chefes de Estado e de Governo que foi celebrada nos dias 27 e 28 e outubro, na Colômbia. Mais de 500 empresários de companhias líderes da região discutiram sobre economia para criar uma proposta para os presidentes e chefes de Estado sobre o assunto.

Fundacom constitui uma das primeiras iniciativas das associações de comunicação dos países de língua espanhola e portuguesa para expandir e compartilhar sua atividad. Esta plataforma concentrará seus esforços na realização da cúpula Cibecom, o encontro dos diretores responsáveis pela reputação e comunicação, com o tema “Reputação, Sustentabilidade e Transparência: pilares do século XXI”, que acontecerá em Maimi em abril de 2017.

Outros projetos serão o desenvolvimento dos Prêmios Fundacom, a edição de publicações de referência, a formação para profissionais e a realização de estudos sobre o perfil de competências dos profissionais de comunicação, como o Latin American Communication Monitor (LCM).

KEEP READING
Página 1 de 212

Este sitio web utiliza cookies propias y de terceros, para recopilar información con la finalidad de mejorar nuestros servicios, para mostrarle publicidad relacionada con sus preferencias, así como analizar sus hábitos de navegación. Si continua navegando, supone la aceptación de la instalación de las mismas. El usuario tiene la posibilidad de configurar su navegador pudiendo si así lo de sea, impedir que sean instaladas en su disco duro, aunque deberá tener en cuenta que dicha acción podrá ocasionar dificultades de navegación de la página web.

ACEPTAR
Aviso de cookies